Assista às aulas e pregações

sábado, 31 de dezembro de 2016

Dia 31 de Dezembro 2016

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Acendendo as velas diárias da hanukia
E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus; Apocalipse 4.5

Isaías 11.2/Gálatas 5.22
8. Esp. de Temor ao Senhor/Mansidão



Hoje é dia 31 de Dezembro, nesta data vamos ao sétimo dia de nossa dedicação ao Senhor
Devemos sempre lembras das velas anteriores que foram acesas. No caso acendemos sete velas quais foram:
Tronco de Jessé/Amor,
Esp. do Senhor/Gozo,
Esp. de Sabedoria/Paz,
Esp. de Inteligência/Longanimidade,
Esp. do Conselho/Benignidade e
Esp. de Fortaleza/Bondade
Esp. de Conhecimento/Fé


Podemos então acender a oitava vela: Esp. de Temor ao Senhor/Mansidão

Chegamos no sétimo dia, e estamos acendendo a oitava vela de nossa hanukia
A oitava vela já traz um título que muito ensina. Quando falamos de Temor ao Senhor podemos olhar de dois ângulos:
1 Respeito absoluto as coisas de Deus.
2 Tudo que você faz terá uma julgamento.

Aprendemos até aqui que para manter nosso corpo como templo do Espírito do Senhor, precisamos sempre reconhecer que somos dependentes dEle e que sua presença em nós é o motivo de nossa existência.
Uma vez que mantemos o Espírito do Senhor em nossa hanukia, somos completados pela essência de Deus. Quais são Sabedoria, Inteligência, Conselho, Fortaleza Conhecimento
Essa essência produz em nós o Amor, Gozo, Paz, Longanimidade, Benignidade, Bondade e Fé

Tudo isso tem um propósito muito claro se Deus
nele, digo, no qual também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua vontade Efésios 1.11

Com essas palavras gostaria apenas de chamar a sua atenção ao investimento que Deus tem feito em nós.
Chagamos até aqui, e sabendo nós que o temor produz mansidão. Devemos com muita cautela manter os padrões estabelecidos por Deus para chegarmos onde Ele mesmo projetou.

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Dia 30 de Dezembro

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Acendendo as velas diárias da hanukia
E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus; Apocalipse 4.5

Isaías 11.2/Gálatas 5.22
7. Esp. de Conhecimento/Fé


Hoje é dia 30 de Dezembro, nesta data vamos ao sexto dia de nossa dedicação ao Senhor
Devemos sempre lembras das velas anteriores que foram acesas. No caso acendemos seis velas quais foram:
Tronco de Jessé/Amor,
Esp. do Senhor/Gozo,
Esp. de Sabedoria/Paz,
Esp. de Inteligência/Longanimidade,
Esp. do Conselho/Benignidade e
Esp. de Fortaleza/Bondade

Podemos então acender a sétima vela: Esp. de Conhecimento/Fé

É notável que chegamos até aqui, não por força ou méritos próprios, mas unicamente pela cobertura do Espírito do Senhor. Que através de sua ação esteve sempre presente em nosso dia a dia com a sua Sabedoria, Inteligência, Conselho Fortaleza

A importância de não cair agora ficou mais evidente ao mencionar a vela do dia Esp. de Conhecimento/Fé
Não existe nada mais causador de males além da falta de Conhecimento. Uma templo vivo de Deus não pode se dar ao privilégio de não aprimorar seus conhecimentos de forma geral.
Devido a falta de conhecimento é comum pessoas abrir mão da fé e voltar as velhas práticas do pecado.

Não venho outro nome a cabeça se não o famoso Ananias esposo de Safira. Este casal vendeu sua propriedade e tentou enganar Pedro para alcançar fama dentro da igreja. Morreu ele é sua mulher.

Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade Atos 5.1

Muitos hoje cometem o mesmo erro, pensando que Deus está a venda. A pregação da palavra deve produzir conhecimento que por sua fé produz fé

Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo. Romanos 10.17

Chegamos no sexto dia, e estamos acendendo a sétima vela de nossa hanukia e não podemos agora retroceder. Mantenha a fé firmado no conhecimento da palavra de Deus.


Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

Dia 29 de Dezembro

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Acendendo as velas diárias da hanukia
E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus; Apocalipse 4.5

Isaías 11.2/Gálatas 5.22
6. Esp. de Fortaleza/Bondade


Hoje é dia 29 de Dezembro, nesta data vamos ao quinto dia de nossa dedicação ao Senhor
Devemos sempre lembras das velas anteriores que foram acesas. No caso acendemos cinco velas quais foram: Tronco de Jessé/Amor, Esp. do Senhor/Gozo, Esp. de Sabedoria/Paz, Esp. de Inteligência/Longanimidade e Esp. do Conselho/Benignidade

Podemos hoje lembrar que somos servos, que precisamos desesperadamente do Espírito do Senhor, para que sua sabedoria, inteligência possa fazer parte de nossas vidas. Buscaremos sempre Conselho do Senhor para que o amor, gozo, paz, longanimidade e benignidade complete nossa vida com Deus.

Hoje vamos acender a sexta vela: Esp. de Fortaleza/Bondade

Hoje podemos se sentir mais forte e protegido, isso não é por acaso. Sempre que recordamos a profunda necessidade que temos do Espírito do Senhor, somos lavados a clamar por sabedoria e inteligência para não cair da posição que já chegamos neste dia. Nunca falte o Conselho do Senhor para nós, afim de que a Fortaleza de Deus possa nos dar habilidade de reagir com bondade de Deus para com todos que estão a nossa volta.
Quando o assunto é Fortaleza eu me lembro de Simeão

Ora, havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem, justo e temente a Deus, esperava a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele. Lucas 2.25

Não temos muita informações sobre Simeão, mas creio que a forma como Lucas comenta sobre sua perseverança. Creio que ele era um homem muito fiel e bondoso.

A vida do templo vivo de Deus, deve sempre ser movida pelo grande amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade e bondade.
Minha oração hoje é essa: Santo Espirito do Senhor ocupe o lugar que é seu em minha vida. Produza em mim: Sabedoria, Inteligência, Conselho e Fortaleza, amém.

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Dia 28 de Dezembro - Festa de Hanuká

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Acendendo as velas diárias da hanukia
E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus; Apocalipse 4.5

Isaías 11.2/Gálatas 5.22
5. Esp. do Conselho/Benignidade

Hoje é dia 28 de Dezembro, nesta data vamos ao quarto dia de nossa dedicação ao Senhor
Devemos sempre lembras das velas anteriores que foram acesas. No caso acendemos quatro velas quais foram: Tronco de Jessé/Amor, Esp. do Senhor/Gozo, Esp. de Sabedoria/Paz e Esp. de Inteligência/Longanimidade
Convictos de que somos servos desesperados pela presença de Deus, e movido pelo amor a verdade, buscamos fazer de nosso corpo um templo santo para Deus habitar em Espírito. Para isso devemos sempre manter o Espirito do Senhor, para que a Sabedoria de Deus e sua Inteligência produza amor, gozo, paz e longanimidade todos os dias de nossa vida.

No dia de hoje vamos acender a quinta vela que é a Esp. do Conselho/Benignidade

Temos aprendido que para manter nossa hanukia (templo) acessa diante da face de Deus é  preciso uma vida focada e comprometida. Receber o Espirito do Senhor requer uma manutenção diária de sabedoria e inteligência. Uma coisa que não pode faltar nesta manutenção é o aconselhamento.
Lembro-me que o Senhor antes de completar sua missão no calvário, Ele disse ao discípulos sobre a importância de ser guiado pelo Conselho do Espírito do Senhor

Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras. João 16.13

Quando somos guiados pelo Espírito do Senhor, refletimos automaticamente o caráter de Deus em nossas ações: Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros. João 13.35

O Espírito do Senhor é benigno e todos que mantém uma intimidade com Deus produz benignidade.

Podemos hoje lembrar que somos servos, que precisamos desesperadamente do Espírito do Senhor, para que sua sabedoria, inteligência possa fazer parte de nossas vidas. Buscaremos sempre Conselho do Senhor para que o amor, gozo, paz, longanimidade e benignidade complete nossa vida com Deus.

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Dia 27 de Dezembro

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Acendendo as velas diárias da hanukia
E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus; Apocalipse 4.5

Isaías 11.2/Gálatas 5.22
4. Esp. de Inteligência/Longanimidade

Hoje é dia 27 de Dezembro, nesta data vamos ao terceiro dia de nossa dedicação ao Senhor
Devemos sempre lembras das velas anteriores que foram acesas. No caso acendemos três velas quais foram: Tronco de Jessé/Amor, Esp. do Senhor/Gozo e Esp. de Sabedoria/Paz
Convictos de que somos servos desesperados pela presença de Deus, e movido pelo amor a verdade, buscamos fazer de nosso corpo um templo santo para Deus habitar em Espírito. Vamos buscar diariamente a presença do Espírito do Senhor em nossa vida. Sua sabedoria e paz e fundamental para avançar mais um dia.
Neste terceiro dia vamos para a quarta vela que é Esp. de Inteligência/Longanimidade
Cada vez mais estamos chagando perto do que realmente Deus quer de nós. Sempre lembrando que somos servos desesperados para manter nosso corpo como templo santo, para habitação do Espírito do Senhor, e assim tornar a sabedoria do Senhor acessível em nossa vida. Podemos sim viver uma vida de amor, gozo e paz na presença de Deus.
Mas daí vem a importância de alcançar a inteligência do Senhor para que possamos aprender a esperar no tempo de Deus por meio da longanimidade.

Lembro-me de Saul, foi um rei escolhido por Deus, quando o povo lhe pediu um líder.

Então pediram um rei, e Deus lhes deu por quarenta anos a Saul, filho de Cis, varão da tribo de Benjamim. Atos 13.21

Deus escolheu e deu muitas vitórias a esse rei. Porém a falta de inteligência e longanimidade foi a causa de sua ruína.
Então disse Saul a Samuel: Pequei, porquanto transgredi a ordem do Senhor e as tuas palavras; porque temi ao povo, e dei ouvidos a sua voz. 1 Samuel 15.24

Não podemos cair no mesmo erro. Pensar que chegamos onde chegamos por causa de nossa força e conhecimentos
Que o Senhor tenha piedade de nós é todos os dias nos ajude a manter as lâmpadas de nossa hanukia acesas diante da sua face.
Para isso devemos sempre manter o Espirito do Senhor habitando em nosso corpo, para que a Sabedoria de Deus e sua Inteligência produza amor, gozo, paz e longanimidade todos os dias de nossa vida.

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Dia 26 de Dezembro - Festa de Hanuká

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Acendendo as velas diárias da hanukia
E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus; Apocalipse 4.5

Isaías 11.2/Gálatas 5.22
3. Esp. de Sabedoria/Paz
Hoje é dia 26 de Dezembro  (inverno), nesta data vamos ao segundo dia de a nossa dedicação ao Senhor
Devemos sempre lembras das velas anteriores que foram acesas. No caso acendemos duas velas no primeiro dia quais foram: Tronco de Jessé/Amor e  Esp. do Senhor/Gozo.
Hoje vamos acender a terceira vela a qual chamamos de Esp. de Sabedoria/Paz
Convictos de que somos servos desesperados pela presença de Deus, e movido pelo amor a verdade, buscamos fazer de nosso corpo um templo santo para Deus habitar em Espírito.
Uma vez sendo habitação de Deus, podemos alcançar sabedoria por meio da presença de Deus em nós. Faço lembrança ao jovem diácono Estêvão. Um homem cheio do Espírito do Senhor
Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais encarreguemos deste serviço. Atos 6.3
O parecer agradou a todos, e elegeram a Estevão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas, e Nicolau, prosélito de Antioquia, Atos 6.5

A presença do Espírito do Senhor foi essencial em seu ministério, para dar a ele uma sabedoria muito grande como vemos no capítulo 7 de Atos.

Uma vez cheio do Espírito do Senhor e da sabedoria a paz produzida por essa unção foi o diferencial em sua morte.
E pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. Tendo dito isto, adormeceu. E Saulo consentia na sua morte. Atos 7.60

Sua paz foi tão notória que nem mesmo diante de morte não entrou em desespero emocional.

Vamos buscar diariamente a presença do Espírito do Senhor em nossa vida. Precisamos de sua sabedoria e paz para continuar em nossa jornada.

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

sábado, 24 de dezembro de 2016

Dia 25 de Dezembro 2016

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Acendendo as velas diárias da hanukia
E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus; Apocalipse 4.5

Isaías 11.2/Gálatas 5.22
1. Tronco de Jessé/Amor
Hoje é dia 25 de Dezembro  (inverno), nesta data damos início a nossa dedicação ao Senhor
Hoje acendemos duas velas a Tronco de Jessé/Amor a qual vamos chamar de servo e também a Esp. do Senhor/Gozo

Vamos primeiro acender a servo: Sem o sentimento de incompletude não podemos iniciar nossa busca por Deus. Iniciamos então reconhecendo nossa pequinês e necessidade absoluta da presença de Deus.
Para isso gostaria de compartilhar um ensino sobre João Batista
Esta foi o maior profeta, sendo o próprio Deus faz comentário a seu respeito. Em verdade vos digo que, entre os nascidos de mulher, não surgiu outro maior do que João, o Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele. Mateus 11.11
Sigamos o modelo deste homem, que nasceu e viveu comprometido com a sua missão. Quando estava em seu alge lembrou de sua real necessidade: É necessário que ele cresça e que eu diminua. João 3.30
É impossível ter tal capacidade se não tiver uma chama de amor pela verdade ardendo em seu coração. O Espírito do Senhor em nós é o azeite que mantém essa chama ardendo, e com essa vela de servo acesa em nós, vamos com essa vela vamos acender a próxima vela que é:
Esp. do Senhor/Gozo
É inevitável chegar a Deus sem reconhecer que somos servos necessitados urgentemente do Espírito do Senhor em nossa vida. Sendo conduzido por essa necessidade e motivado pelo amor a verdade, estamos prontos para receber o batismos com Espírito do Senhor para que nosso gozo seja completo na presença do nosso Grande é Único Deus. Neste primeiro dia vamos focalizar e consagrar nosso corpo como templo santo para Deus.

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

Festa de Hanuká
por Pastor Luciano Batista

Em meio a tantas festas religiosas que estamos envolvidos, eu escolhi preservar a identidade da minha fé. Por essa razão eu tomo por tradição pessoal a comemoração da FESTA DE HANUKÁ em minha casa. Uma vez que não estou judaizando minha casa mas sim preservando a identidade e a boa tradição
Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. 2 Tessalonicenses 2.15

Farei algumas adaptações a essa tradição para que eu possa obedecer seu princípio sem negar sua originalidade.

É bom lembrar que existe uma passagem que Jesus abordou o assunto adoração com uma mulher no poço de Jacó. Uma vez que o assunto era adoração

Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar João 4.20

Devemos observar a colocação de Jesus, após a sua afirmação de adoração a Deus

Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos; porque a salvação vem dos judeus João 4.22

Em outras palavras: Vocês fazem adoração (festas) sem conhecer o que se adora, mas nós Judeus conhecemos o objeto de culto (festa) antes mesmo de prestar culto (festas)

Se desejamos aproveitar o feriado do dia 25 de dezembro. Não precisamos comemorar uma festa que o objeto de culto é desconhecido, uma vez que quando os cristão comemoram o Natal, eles alegam estar lembrando o nascimento do Messias. Com essa afirmação estão concordando não só com a festas mas com tudo que envolve a mesma.

Porque, se torno a edificar aquilo que destruí, constituo-me a mim mesmo transgressor. Gálatas 2.18

Então podemos aproveitar a comemoração da dedicação do templo que é chamada de festa de Hanuká, que também é realizada no inverno.

Os judeus não comemoram nem o Natal nem o Ano Novo nos “moldes” cristãos – apesar de reconhecerem que Jesus existiu. Para essa cultura, principalmente em Israel, a comemoração de fim de ano é o Hanuká, que significa festa das luzes em hebraico e lembram as vitórias contra a opressão, a discriminação e a perseguição religiosa.  A data marca a vitória dos judeus sobre os gregos há mais de dois mil anos, na batalha pela liberdade de seguir a sua religião.
A festa de Hanuká para os judeus começa no 25º dia do mês judaico de Kislev e dura oito noites.
A festa consagra a vitória dos judeus contra uma província grega que tentava impor o politeísmo. Segundo os crentes, para cada um dos dias é acesa uma vela até que todo o candelabro esteja aceso no último dia de festa. Também teria havido um milagre: o óleo para acender as velas do templo, que seria suficiente para apenas um dia, durou oito.
Na comemoração, peru e bacalhau são substituídos por panquecas de batata e bolinhos fritos em azeite. E em vez de desembrulharem presentes à meia-noite, as crianças recebem dinheiro.

Agora comemorar o Natal corremos o risco de afirmar uma mentira que o catolicismo vem usando como comércio religioso a muitos anos.

Convido você a comemorar o Hanuká como festa em sua vida (Uma vez que adoramos o Deus dos Judeus)

Minhas adaptações:

Hanukia: Um candelabro de nove velas usado para lembrar os 8 dias da festa e o milagre do azeite.
A nona vela é o servo, que é usado para acender as oito velas diárias.

As velas: Usaremos o costume de acender as velas na presença dos membros da família, como um ensinamento diário. Assim como deve acender uma vela a cada dia, daremos uma aula sobre cada vela para o dia.
Segue as velas:
Usaremos os sete Espírito de Deus e os nove frutos do Espírito como velas diárias que serão acesas.

Refeições e presentes: Usaremos jantares familiar e troca de presentes durante os oito dias.

Templo: Vamos focalizar a importância de ter um local para cultos, também um local de culto domésticos e sempre manter o corpo como principal templo do Espírito de Deus.

Esmolas: Dedicaremos um tempo especial para levar as verdades de Cristo ao mundo.

Agora, entendendo um pouco mais sobre a Festa da Dedicação, podemos celebrá-la alegremente nosso culto de Ação de Graças

1 Tessalonicenses, 3:9 - Pois, que ação de graças podemos render a Deus por vós, por todo o gozo com que nos regozijamos por vossa causa diante do nosso Deus,

Hag Hanuká Sameach! Feliz Festa de Hanuká!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

O Espírito é uma pessoa ou reflete a pessoa? Com Pastor Luciano Batista

O Espírito é uma pessoa ou reflete a pessoa?
Curso de Unicidade de Deus
com Pastor Luciano Batista

Existe um debate muito confuso sobre o Espírito Santo, e nesta aula de hoje eu gostaria de respeitar os valores bíblicos ao invés de considerar dogmas e religiões. Por essa razão queremos hoje desmentir a afirmação de que um espírito seja pessoa.

O Espírito Santo uma força, uma pessoa ou algo mais? O que a Bíblia ensina?

A Bíblia fornece muitas maneiras de nos ajudar a entender que o Espírito Santo é Deus e não uma pessoa de Deus. Assim como Deus tem feito ao longo da história Ele não mudou, mas continua usando atributos humanos para se comunicar com a humanidade. A bíblia é repleta de texto onde diz: Arrependeu, ficou irado, assentado, desceu, olhou, viu, ouviu, andou, apareceu e outros formas que Deus tem usado para que o homem possa entender sua ação.
Agora pense um pouco: Um Deus que é onipresente precisa descer para falar com o homem?
Um Deus que é onisciente pode se arrepender?

Um Deus que está em todos os lugares precisa de outro ser divino para fazer ou estar em algum lugar que Ele não possa estar?

Um Deus que tem todo o conhecimento precisa de um outro ser para fazer intersecções pelos homens?

Podemos ver que colocar o Espírito Santo como uma pessoa ou ser separado de Deus, teremos alguns perguntas a ser respondida. De que serve a onipresença se Ele precisa de um conselheiro?
De que serve a onisciência se Ele precisa de um mediador?
De que serve a onipotência se Ele precisa de ajudantes?

Qual seria a diferença do paganismo se para adorar o verdadeiro é preciso consultar pessoas diferentes para cada problema? Se tenho um ser para cada problema não tem diferença entre ter um santo para cada missa.
Pastor Luciano Batista
Igreja Apostólica do Brasil
www.youtube.com/iabmaua

Aula 03 PRIORIZANDO AS PRIORIDADES com Pastor Luciano Batista

Curso Bíblico Apostólico
“Construindo um casamento inconfundível”
Igreja Apostólica do Brasil, Mauá-SP
Palestrante: Pastor Luciano Batista

PRIORIZANDO AS PRIORIDADES
https://youtu.be/JC4myYtS_lw

"Não compreendeis ainda, nem vos lembrais
dos cinco pães para os cinco mil, e de
quantos cestos levantastes?”
(Mateus 16.9)
Fico feliz que você chegou a este nível. Passamos pela CONHECENDO A AUTORIDADE, onde aprendemos a importância de manter ativo líderes sobre nós é garantir um bom funcionamento para equipe que faço parte.
Também aprendemos sobre ELIMINANDO A GENEROSIDADE, onde descobrimos que estamos sendo generoso com as nossas acomodações e sempre reclamamos por que os outros não são generosos conosco. Mas após esta aula aprendemos que o que estamos esperando é que os outros sintam dó de nos. Não vamos mais esperar reconhecidos, porém vamos ao plantio (Colher o que plantamos).
Agora totalmente de propósito vamos ao tema: PRIORIZANDO AS PRIORIDADES, com objetivo de não mais perder tempo com o desnecessário e ser totalmente produtivo com a potencialidade pura.
Na minha experiência profissional, aprendi sobre um método japonês chamado de 5Ss, ou cinco sensos de responsabilidade para o sucesso e bem estar.
Nesta aula vou trabalhar cada senso e suas prioridades

 Seiri: Senso de Utilização
Separar o que é útil do que não é. Melhorar o uso do que é útil.
Existe muitas coisas que não precisam fazer parte do nosso casamento ou de nossa família.
Quando eliminamos o desnecessário, acabamos encontrando o útil no meio das tranqueiras acumuladas.
Exemplo por ordem do Rei Josias foi feito um reparo no templo e para surpresa de todos, acharam no meio das coisas desnecessária o livro da lei de Moisés  (2 Crônicas 34.14)

 Seiton: Senso de Ordenação
Um lugar para cada coisa. Cada coisa no seu lugar.
Quando eliminamos o desnecessário, devemos colocar o casamento e a família em ordem. Cada coisa tem que ter seu lugar, oque não tiver um lugar específico é evidente que não é necessário. Observe que eu não disse: é inútil!
Ou seja para seu casamento ou sua família essa coisa já não tem mais utilidade, ou seja deve ser doada, vendida ou descartada.

 Seisou: Senso de Limpeza
Limpar e evitar sujar. Ou seja seu casamento ou família deve excluir as crises do passado e evitar discussões de coisas que já foram resolvidas ou superadas.
Descartas palavras como: Você sempre faz isso, você sempre fala isso, você nunca muda, você é igual a.......
Com isso você não trará memória problemas do passado.

 Seiketsu: Senso de Saúde
Padronizar as práticas saudáveis. Fazer do correto um abito cotidiano.
Zelar e manter a saúde do casamento e da família.

 Shitsuke: Senso de Autodisciplina
Assumir a responsabilidade de seguir os padrões saudáveis.
Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio. Provérbios 25.28
Acho que qualquer comentário agora séria pobre perto deste versículo.

Dicas:
 Crie uma lista de prioridades para a família  (equipe)
 Coloque esta lista em um lugar visível e certifique que todos os membros da família  (equipe) conhecem cada item da lista
 Busque meios de aprimorar o conhecimento e a praticidade da lista de prioridades.
 Lembre-se que a lista não tem uma ordem de priorizados, as a maior prioridade é o sucesso da família (equipe)

Fazendo isso estará pronto para a próxima aula. Aguardo você lá.

Aula 02 ELIMINANDO À GENEROSIDADE com Pastor Luciano Batista

Curso Bíblico Apostólico
“Construindo um casamento inconfundível”
Igreja Apostólica do Brasil, Mauá-SP
Palestrante: Pastor Luciano Batista

ELIMINANDO À GENEROSIDADE
https://youtu.be/VEADfIlsLVs

" não se porta inconvenientemente”
(1 Coríntios 13.5)

Que bom que chegou aqui, isso quer dizer que já completou o ensino da semana passada. Vamos então a aula da segunda semana: Eliminando à generosidade.

Parece não soar bem cristão o tema desta aula, não é?
Mas para fazer valer a aula anterior e as seguintes, é fundamental aprendermos sobre esse assunto.
Parque escolhi I Coríntios 13.5? Para entender vamos ao dicionário: adj.m. e adj.f.
1. Diz-se de algo ou alguém que não tem conveniência; que não é apropriado, conveniente ou adequado; importuno ou inadequado;

2. Diz-se do que ou de quem não possui dignidade ou decoro moral; que é imoral, indecente ou corrompido;

3. Que não segue os preceitos e comportamentos considerados socialmente aceitáveis, desconsiderando os mesmos; descortês, deseducado ou impolido;

4. Que não gera benefício ou melhoria; sem proveito; que é desfavorável, desvantajoso ou inútil;

Como já notou a lista é grande e bem clara, porém quero fazer uso desta parte Que diz: Que não segue os preceitos e comportamentos considerados socialmente aceitáveis,

Existe uma mentira poderosa inventada pela religião moderna, que diz: A mulher deve estar onde o marido está!
Vamos observar a luz da palavra:
Chegou também a Derbe e Listra. E eis que estava ali certo discípulo por nome Timóteo, filho de uma judia crente, mas de pai grego;  (Atos 16.1)

Porque o marido incrédulo é santificado pela mulher, e a mulher incrédula é santificada pelo marido crente; de outro modo, os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos. (1 Coríntios 7.14)

Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres (1 Pedro 3.1)

Nunca devemos abrir mão da verdade para satisfazer QUEM QUER QUE SEJA!

Porém abrir mão da generosidade é escolher um estilo de vida rígido ou criterioso. Quando escolher saiba que este estilo de vida exige de você uma postura igual a qual você prega.
“O caráter de um indivíduo é revelado
quando o mesmo vive o que prega”

Viver as próprias regras é sem dúvidas, muito mais complicado do que viver as regras alheias.
Quanto estabelecer regras de comportamento para o cônjuge ou  Filhos, quase sempre criador das regras cumpre as mesmas.
Abrir mão de  generosidade é primeiramente um policiamento pessoal, sem usar a generosidade em si mesmo. Uma vez feito isso, você estará pronto para ser a peça ideal para o sucesso de sua família  (equipe)

O marido pague à mulher o que lhe é devido, e do mesmo modo a mulher ao marido. (1 Coríntios 7.3)

Lição da semana:
Faça um análise sem generosidade consigo mesmo, se você está sendo uma peça vital da quebra cabeça chamado sucesso

 Como pai, sou o líder inspirador?
 Como mãe, sou um exemplo a ser seguida?
 Como esposo,  sou o esposo que Deus quer para minha esposa?
 Como esposa, sou a mulher que Deus quer para meu esposo?
 Como sacerdote do lar, tenho aproximado minha família de Deus?
 Como auxiliadora, tenho incentivado a minha família a uma intimidade com Deus

Reflita nisto e conserte o que estiver errado, para seguir para a próxima aula. 

Aula 01 Conhecendo a autoridade

 Curso Bíblico Apostólico
“Construindo um casamento inconfundível”
Igreja Apostólica do Brasil, Mauá-SP
Palestrante: Pastor Luciano Batista
https://youtu.be/LkzbW-FY7_E

Prezados alunos e amantes incondicionais, com grande alegria damos inicio ao segundo curso para casais, com o tema CONSTRUINDO UM CASAMENTO INCONFUNDÍVEL!
Quero agradecer ao Senhor Jesus, nosso Deus único e verdadeiro e indivisível, pela honrosa oportunidade de poder compartilhar um trabalho feito com grande amor, carinho e profunda dedicação.
Leitores seu comprometimento e fidelidade com esse assunto é a base do sucesso para seu casamento.
Eu garanto que ao término deste curso, o seu casamento estará pronto para enfrentar as dificuldades da vida com punhos fortes.
Quero a cada semana apresentar um sub tema a vocês. A cada sub tema deverá ser um projeto que você vai aprimorar duramente a semana que se segue.
Lembrando que o Curso  Construindo um Casamento Inconfundível, é uma matéria com objetivo de ESTRUTURAR E FORTALECER O SEU CASAMENTO E SUA VIDA ESPIRITUAL.
Sejam bem vindos.
Vamos a primeira semana do CCI.

Tópicos semanais
1) Conhecendo a autoridade
2) Eliminando a generosidade
3) Priorizando as prioridades
4) Meu lar um encontro de sábios
5) Curando a sogra
6) Namoro
7) Filhos
8) Até que a morte nos separe

CONHENCENDO À AUTORIDADE

"Pois também eu sou homem sob autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu criado: Faze isto, e ele o faz." Mateus 8.9

Usaremos um exemplo do maior Líder que já existiu em todos os tempos, Jesus o líder por excelência
Como identificar um líder quando o mesmo está rodeado pelos seus discípulos, seguidores ao liderados?
Na maioria dos casos imaginamos uma pessoa que sobrepõe às outras, mais inteligente, mais ágil, mais versátil ou seja que se destaca mais.
Com Jesus a ordem é bem contraria, com Ele aprendemos a ser um líder totalmente diferente.
No Getsêmani por exemplo Ele precisou ser identificado com um beijo
Ora, o que o traía lhes havia dado um sinal, dizendo:
Aquele que eu beijar, esse é: prendei-o.
Mateus, 26.48
Em seus ensinos Ele diz: Não é o discípulo mais do que o seu mestre; mas todo o que for bem instruído será como o seu mestre. Lucas, 6.40
O verdadeiro líder não é quem manda mais, mas sim quem delega mais autoridade a sua equipe.
Pastor Luciano Batista
Levando em consideração que a família é uma equipe, vamos usar um líder Sacerdotal com ilustração para essa aula: Vamos conhecer o líder Arão, sua equipe era composta de cinco integrantes quais são: A sua esposa Eliseba e seus filhos Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar (Todos serviam ao SENHOR como sacerdote. Êxodo 6.23, 28.1)
Existe uma necessidade muito grande em reconhecerão o líder do lar, o sacerdote da família, uma vez que essa hierarquia é quebrada, deparamos com as consequências que são muito graves inevitáveis, por esse motivo, na aula de hoje trataremos do assunto: Reconhecendo a autoridade do líder, seu papel, sua importância, e a influência que a sua liderança causa nos seus liderados.
A família de Arão integram a lista da primeira ordem sacerdotal estabelecida na nação de Israel, um exemplo muito importante para nós nos dias de hoje.
Dos quatro filhos do sumo sacerdote Arão dois deixaram uma marca muito ruim no ministério de Arão. Ainda que os pais “não tenham” culpa pelos pecados de seus filhos, eles com certeza tem influências nestes pecados.
Que tipo de sacerdote (líder) eu sou, e que legado estou deixando para minha equipe?
1 Coríntios 15.33

Vamos estudar um pouco sobre essa equipe: Sua esposa Eliseba, que na cadeia de comando ocupa a responsabilidade de autoridade educadora.
Porque autoridade educadora?
Sabemos que na MAIORIA dos casos a esposa é quem fica com a responsabilidade da educação. O pai é a autoridade maior do lar, sendo ele na MAIORIA das vezes o provedor e protetor da família.
Gostaria que os CRÍTICOS prestassem muita atenção agora
Embora não temos maiores informações sobre a esposa de Arão quero usar um exemplo que pode ser contrário a verdade. O que escrevo agora são meras especulações sobre um erro muito comum nas famílias até os dias de hoje.
Porque o marido incrédulo é santificado pela mulher, e a mulher incrédula é santificada pelo marido crente; de outro modo, os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos.
1 Coríntios 7.14


Observando essa passagem logo aprendemos que a santificação da família está vinculada a parte fiel do casamento. Então logo podemos afirmar que se o pai ou a mãe é infiel, está convivência pode afetar o equilíbrio da família (equipe).
Poderia então usar um exemplo que a irmã Eliseba era uma mãe, que possivelmente não cooperava fiel ao ministério do seu esposo, ou que não honrar as prioridades espirituais da família. Com essa atitude, sua influência criou um espírito malandro em seus filhos. Mais ou menos assim: Orar, Jejuar ou ler a bíblia? Pra que isso?
Só ir na igreja já é suficiente......
Daí entendemos a malandragem de seus filhos ao oferecer fogo estranho.
Ora, Nadabe, e Abiú, filhos de Arão, tomaram cada um o seu incensário e, pondo neles fogo e sobre ele deitando incenso, ofereceram fogo estranho perante o Senhor, o que ele não lhes ordenara. Então saiu fogo de diante do Senhor, e os devorou; e morreram perante o Senhor. Levítico 10.1-2
Na ilustração estou usando uma mulher que não tem muita informações, sendo assim fica fácil supor o que quiser. (Observe a importância de deixar um legado a ser seguido).
Mas encontramos um exemplo onde a mãe fez toda a diferença: trazendo à memória a fé não fingida que há em ti, a qual habitou primeiro em tua avó Loide, e em tua mãe Eunice e estou certo de que também habita em ti. (2 Timóteo 1.5)
A importância de reconhecer a autoridade é fundamental para o sucesso da equipe.
Cadeia de autoridade:
Jesus: Autoridade suprema
Esposo: Autoridade representativa
Esposa: Autoridade disciplinar
Filhos: Autoridade ortogada

Dentro desta base deve-se estabelecer a família.

Independente de quem sustenta a família financeiramente, a cadeia de autoridade é a mesma.
Lembrando que o seu Pastor é autoridade sacerdotal sobre a sua vida, sendo um líder espiritual.
Em um casamento é estabelecido um grupo ou dois casais de conselheiros  (Padrinhos), que possuem autoridade ortogada pelo casal para instruir o bem estar do casamento.
Reconhecendo está cadeia de autoridade você está pronto para seguir no estudo.

Concelhos
Procure seu Pastor diga a ele a importância de sua liderança, e afirme sua submissão a ele.
Visite seus conselheiros e lembre eles da sua influência em seu casamento
Converse com seu cônjuge e seus filhos sobre a importância de manter a cadeia de autoridade em funcionamento.
Procure sempre demonstrar seu carinho e submissão a cadeia de autoridade em sua vida.